Kizomba Da Boa – Kizomba (feat. Lil Saint, Nsoki, Chelsy Shantel, Filho do Zua, Johnny Ramos, Neyma & Micas Cabral)

Kizomba Da Boa - Kizomba background
Kizomba Da Boa – Kizomba (feat. Lil Saint, Nsoki, Chelsy Shantel, Filho do Zua, Johnny Ramos, Neyma & Micas Cabral)
Kizomba Da Boa
Kizomba
3669 Downloads download icon

ouvir musica

previous
play_pause
next
speaker
0:00
0:00

Baixar Musica MP3 download icon

  • Author: Kizomba Da Boa(feat. Lil Saint, Nsoki, Chelsy Shantel, Filho do Zua, Johnny Ramos, Neyma, Micas Cabral)
  • Titulo: Kizomba
  • Categoria:
  • Ano: 2022
Kizomba Da Boa - Kizomba Download mp3

Kizomba Kizomba Da Boa youtube video

youtube image

biografia de Nsoki

Nsoki Neto, natural da província do Zaire em Angola, desde cedo participou em grupos corais e peças teatrais. Formada em Finanças, nos Estados Unidos de América, a artista cantava música lírica, nas vozes de soprano e mezzo soprano. Após o seu regresso a Angola decidiu gravar a sua primeira obra discográfica.

 

Um dos nomes mais sonantes da actualidade da música em Angola Nsoki, a princesa do zouk como foi carinhosamente apelidada pelos seus fãs é uma cantora de Zouk/Kizomba e R&B/Soul. Formada em Finanças a Nsoki sempre teve uma inclinação para cantar, desde cedo participou em grupos corais e peças teatrais. Nos Estados Unidos de América aonde se formou a Nsoki cantava música lírica, cantando sempre as partes de soprano e mezzo soprano. Depois de terminar a sua licenciatura, uma vez de regresso a Angola decidiu depois de muita insistência por parte dos amigos gravar um disco.

 

Em 2009 casou-se com Iuri Neto, que também é o seu manager e principal impulsionador da sua carreira, após o nascimento de sua filha e depois de quatro anos a gravar, a Nsoki lançou um single em Outubro de 2012 com as participações de Nanutu e Johnny Ramos, este single foi o começo da promissora carreira da cantora, com a musica que enchia as pistas de dança dentro e fora do pais “Meu Anjo” Nsoki teve de olhar para a musica de outra maneira pois todo mundo estava curioso para ver se ela conseguiria dar continuidade a esse sucesso.

 

Em Outubro de 2013 a Nsoki lançou o seu primeiro album “Meu Anjo”. Esse álbum teve produções de Heavy C, Johnny Ramos, Nguabi Montel e o brasileiro Ricardo Duna. O álbum foi gravado em Luanda, Holanda, Rio de Janeiro e Lisboa. Numa mistura agradável de musicas programadas e acústicas com os estilos Zouk, Kizomba e baladas o CD de 13 faixas musicais da Nsoki conta já com mais três hits nacionais “Infeliz”, “Hoje sou Feliz” e “Bye Bye”.

 

Dona de uma voz inconfundível, sempre dentro da sua humildade como é caracterizada, a “Princesa do Zouk” não tinha noção de como a sua música tinha rompido fronteiras, mas em 2013 foi surpreendida com 3 nomeações na primeira edição dos Angola Musica Awards nas categorias de Artista revelação, melhor voz feminina e música do ano, foi nomeada para o concurso Divas de Angola 2013 na categoria de Diva da Música, venceu em duas categorias no consagrado Top da Rádio Luanda: Voz revelação Feminina e Melhor Voz Feminina do ano e foi também premiada como artista revelação no Moda Luanda 2014. A Nsoki foi a artista mais nomeada nos Angola Music Awards 2014 realizado em Setembro com sete nomeações. Neste mesmo concurso a Nsoki ganhou na categoria de Artista Feminina do Ano de 2014.

 

Com a popularidade a aumentar tão repentinamente e com a agenda extremamente lotada, a Nsoki foi obrigada a antecipar os seus sonhos e dar o seu primeiro espectáculo na casa 70 em Luanda aonde cantou para uma casa completamente lotada. Logo a seguir abarrotou o Cine Atlântico em Abril de 2014 andou contou com perto de 6.000 fãs que cantaram com ela do princípio ao fim do grande show. Humilde como sempre a Nsoki em várias entrevistas para imprensa explicou que não contava algum dia poder dar um espetáculo dessa envergadura e agradeceu a todos os presentes pelo carinho.

 

Neste momento a Nsoki promove a sua segunda obra discográfica intitulada “Prova dos 9”. O disco foi gravado em Portugal e em Angola conta com as produções de Cox Santana, Lbeats, Baby C, Nelson Klasszik, Aires, Ravidson, Wando Moreira, Boper e Carlos Juvandes. Outros colaboradores do disco são Lil Saint, Anselmo Ralph, Halison Paixão, Bolingó, Ravidson e Ivan Alexei. “Prova dos 9” tem participações especiais de Fabious (Zona 5), Yola Semedo e Nelson Freitas. Neste album a Nsoki continua a cantar os ritmos pelos quais é conhecida como o zouk, kizomba, ghetto zouk, R&B e um pouco de Soul. O disco foi lançado em Novembro de 2015. O álbum conta com alguns sucessos tais como “aceito”, “vai-te embora” e “my treasure”. As músicas “Vai-te Embora” e ‘My treasure” foram incluidas na banda sonora da telenovela portuguesa “A Única Mulher” ainda no ano de 2015. A Nsoki foi nomeada em 7 categorias nos Angola Music Awards 2016. Em Julho de 2016 a Nsoki venceu 2 prémios nos Angola Music Awards: Melhor Afro- Jazz/World Music com “vai-te embora” e Melhor Videoclip com “My treasure.

biografia de Filho do Zua

Sostenes Jeremias da Costa Zua, nasceu em Luanda, 06 de Julho de 1997. O nome Filho do Zua foi atribuído na Igreja por pastor, quem se chama Zua.

 

Sobre Filho Do Zua

Filho do Zua é um cantor e compositor que despontou no mercado angolano com uma música que se tornou um “hino”, de tão popular. “A Saia Dela”, como é intitulada, é o som do momento e está na boca do mundo, sendo das mais cantadas e dançadas na actualidade. Ele também é conhecido por ter obtido representação da Music Copyright Society of Kenya e das gravadoras K-Music Channell.

 

Filho Do Zua antes da fama

Ele começou sua carreira como cantor em 2017, quando lançou a música “Ndoki”. Ele ganhou ainda mais atenção naquele mesmo ano, quando lançou os singles “Mama Falou” e “To No Boda”.

 

Conquista de Filho Do Zua

Ele também é conhecido por sua presença nas redes sociais e compartilha fotos de modelo, bem como clipes de suas apresentações em locais e na televisão para seus mais de 390.000 seguidores.

 

Associações de Filho Do Zua

Colaborou com o colega cantor e dançarino Carla Prata na faixa “Ditado” de 2017.

biografia de Neyma

A paixão de Neyma pela música começou muito jovem em Maputo. Conhecida ao longo de sua infância entre a família e amigos como uma garota com um sonho, sua carreira teve seu primeiro impulso quando ela foi descoberta no concurso nacional de canto da TV, Fantasia, onde ela ganhou o segundo lugar. Depois de vários anos refinando suas habilidades de palco e canto, sua segunda grande descoberta veio quando ela teve a chance de gravar seu primeiro álbum. Em 1999, seu primeiro álbum, Brigas, foi lançado e trazia os populares singles Brigas, Mae Virtude, Mais Bela e o clássico hit Praia Feliz, que recebeu grande apoio de fãs e gerou grande publicidade para o álbum.

O sucesso de Brigas a levou a lançar seus álbuns subsequentes Baila em 2000 e Renascer em 2001. Finalmente, em 2005, ela teve sua terceira descoberta com o lançamento de seu terceiro álbum, Arromba. Neyma foi lançada para os holofotes internacionais e finalmente vista como uma grande sensação da música de Moçambique e do mundo lusófono. Depois de chegar à platina, Arromba continua a ser o seu álbum mais popular até à data, tendo vendido mais de 40.000 cópias só em Moçambique e apresentando uma venda excelente a nível internacional. O álbum foi bem recebido em Angola, Cabo Verde e Portugal. O álbum traz o single autointitulado no estilo Kizomba, Arromba, que acabou se tornando o hino de verão de 2005.

Em dezembro de 2006, Neyma lançou o 5º álbum de sua carreira, intitulado ´Idiomas´, que traz vários singles favoritos dos fãs, incluindo ´Numawanga Yuwi´, ´Xilhamaliso´ e ´Lirandzo´, que acabou se tornando uma das canções mais populares do ano seguinte em 2007.

Em 2009 lançou o seu 6º álbum intitulado Neyma 10 Anos em comemoração dos seus 10 anos na indústria musical moçambicana. Seu single de sucesso ‘Ilusão’ é um dueto de baladas com a popular artista internacional Grace Evora, ganhadora de melhor música do ano no Mozambique Music Awards 2010, onde também foi premiada como Melhor Artista Feminina. O single ‘A Hi Dzimeni’ é tradicional. Canção ao estilo da Marrabenta que se tornou o hino da emancipação feminina e do movimento agrícola do país. No MMA de 2011, ’10 Anos ‘foi premiado com o’ Álbum Mais Vendido ‘.

Em 2012, Neyma lançou o seu single de grande sucesso, Como Anima a Marrabenta, que lhe rendeu 4 Mozambique Music Awards em 2013. Em 2014 Neyma foi convidada a participar no Coke Studio Africa, onde colaborou com Phyno da Nigéria, e posteriormente num especial edição com Wyclef Jean, onde ela colaborou com ele em uma versão especial de sua música Divine Sorrow for the RED Campaign’s fight against AIDS. Também em 2014, ela também foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade do UNICEF nacional. Ela também realizou um grande concerto de 2 horas com ingressos esgotados e transmitido nacionalmente para celebrar seus 15 anos de sucesso como uma das estrelas musicais mais brilhantes da África. Ela também aproveitou a oportunidade para lançar seu CD de dupla compilação em edição limitada especial, Neyma Greatest Hits, que já está a caminho de se tornar um best-seller.

Neyma também voltou pela terceira vez ao Coke Studio Africa em 2015, desta vez colaborando com o Olamide da Nigéria. Neyma lançou recentemente seu primeiro vídeo infantil, Parabens, e está embarcando em novas produções musicais voltadas para crianças.

O ano de 2015 também trouxe a Neyma mais reconhecimento internacional, após ganhar o African Entertainment Award USA de Melhor Artista Feminina na Região de Palop, pela votação mais popular.

Fique atento aos seus novos lançamentos com as superestrelas nigerianas Olamide e Eva e também com a superestrela queniana Rabbit.

Prêmios e indicações

BCI Mozambique Music Awards 2013

  • Melhor Música Ligeira
  • Música mais popular
  • Melhor Artista Feminino
  • Artista mais popular

BCI Mozambique Music Awards 2010

    • Artista mais popular

 

  • Mulher mais sexy de Moçambique, 2011
  • Mulher mais bonita de Moçambique, 2012

BCI Mozambique Music Awards 2009

    • Artista mais popular
  • Melhor artista na Afro Music, 2007
  • Nomeação para o Channel’O music awards, 2006
  • Canção mais popular do top feminino, 2004
  • Música mais popular do Ngoma Moçambique, com “Lirandzu”, 2002

Discografia

  • Brigas (1999)
  • Baila (2000)
  • Renascer (2001)
  • Arromba (2005)
  • Idiomas (2006)
  • Neyma 10 Anos (2010)

baixar musicas de Micas Cabral

Kizomba Da Boa (feat. Lil Saint, Nsoki, Chelsy Shantel, Filho do Zua, Johnny Ramos, Neyma & Micas Cabral) - Kizomba
Kizomba Da Boa – Kizomba feat. Lil Saint, Nsoki, Chelsy Shantel, Filho do Zua, Johnny Ramos, Neyma & Micas Cabral mp3 download. Disponível a música do projecto Kizomba Da Boa intitulada “Kizomba” que conta com participação do musico Lil Saint, Nsoki, Chelsy Shantel, Filho do Zua, Johnny Ramos, Neyma & Micas Cabral. Faça já o download mp3, baixa, escute e compartilhe a partir das plataformas abaixo disponíveis.

DOWNLOAD MP3

Deixe uma resposta