Dji Tafinha – Semente (feat. Monsta, Don G, NGA, Pródigio & Yola Semedo)

Dji Tafinha - Semente background
Dji Tafinha – Semente (feat. Monsta, Don G, NGA, Pródigio & Yola Semedo)
Dji Tafinha
Semente
487 Downloads download icon

ouvir musica

previous
play_pause
next
speaker
0:00
0:00

Baixar Musica MP3 download icon

  • Author: Dji Tafinha(feat. Monsta, Don G, NGA, Prodígio, Yola Semedo)
  • Titulo: Semente
  • Categoria:
  • Ano: 2022
Dji Tafinha - Semente Download mp3

biografia de Dji Tafinha

Dji Tafinha é o nome artístico de Dji Carvalho Júnior, nasceu em Angola na cidade de Lucapa na província da Lunda Norte a 5 de Maio de 1986.

 

A jornada de Dji Tafinha no mundo da música começou aos 12 anos, quando se apaixonou pelo RAP. Depois de muitos anos de trabalho árduo e persistência, Dji Tafinha conseguiu atingir finalmente a tão desejada popularidade em 2008, altura em que lançou a música “Ela só dá bandeira”.

 

O rapper não se limita apenas a escrever músicas e droppar versos de RAP. Dji Tafinha é também é reconhecido como um dos melhores produtores de Angola, tendo já produzido inúmeras faixas musicais para diversos artistas conceituados do seu país, como Anselmo Ralph, Yola Semedo, Ary, Yola Araújo, Chelsy Shantel, Bruna Tatiana, Big Nelo, Zona 5 entre outros.

 

Mais recentemente Dji Tafinha assumiu também o papel de mentor na versão angolana do mega sucesso internacional de TV, o “The Voice”.

 

Dji Carvalho Júnior começou a produzir fora de Angola, mais concretamente na Namíbia, onde residiu durante 2 anos.

 

Actualmente, o rapper e produtor vive na cidade de Luanda em Angola, onde já viu o seu trabalho ser reconhecido com diversos prémios e distinções.

 

Multifacetado, o seu trabalho varia entre diversos géneros ou estilos musicais, desde o Rap ao RNB, passando pela Kizomba, Zouk e Rock Alternativo, Dji Tafinha inspira-se em diversos artistas como os Cold Play, Eminem, Kanye West, Jay Z, Linkin Park, Paulo Flores.

 

A obra discográfica de Dji Tafinha, “Duetos”, conta com a colaboração de diversos artistas Angolanos, tendo sido um dos trabalhos mais populares do artista.

 

Os singles “Má vida” com a participação de NGA e “O Próprio Wi” com a participação de Anselmo Ralph foram recebidos de forma bastante positiva pelos fãs de Dji Tafinha e também dos artistas envolvidos e converteram-se em hits. Em Fevereiro de 2016, o artista lançou o seu sétimo album, “INDEPENDENTE II”.

 

Sempre batalhador e humilde, Dji Tafinha é também o CEO da “Galáxia” (GLX), considerada uma das melhores produtoras musicais de Angola.

 

Em 2009, Dji Tafinha recebeu com grande alegria a chegada do seu primeiro filho, Djison Kaimir, que infelizmente faleceu um ano depois.

 

Foi um período bastante marcante e triste para o artista, que o levou a encontrar na música o seu instrumento de expressão em relação à morte do pequeno Kaimir.

 

O single “cinzas” foi produzido justamente a pensar em Kaimir, deixando milhares de fãs comovidos com a dor de Dji Tafinha. Desde entao, o “rapper executivo” faz questão de relembrar o nome do filho nas suas diversas criações artistícas.

 

Felizmente, em 2013, nasce uma nova razão para a alegria de Dji Tafinha, a pequena Djili. Tafinha diz ver na filha uma nova razão para continuar a batalhar e alcançar os seus objetivos, fazendo sempre o que ama fazer, que é produzir música.

 

A 29 de Outubro de 2015 Dji Tafinha casou-se com Erica Vaz Raposo, a mulher que o inspirou a escrever, uma das músicas mais profundas da sua carreira, “Imperfeito”.

 

Desde o lançamento do single “ELA SO DA BANDEIRA” em 2008 a popularidade de Dji Tafinha começou a crescer, não só em Angola mas também internacionalmente.

 

Embora o artista seja considerado um dos melhores produtores de Angola, como músico a sua carreira também é bastante consistente, visto que o seu trabalho é sempre recebido de forma positiva pelos fãs.

 

Em 2014, o rapper também participou no “Top dos mais queridos”, um evento criado pela Rádio Nacional de Angola, nomeado na categoria do “Top 10” dos artistas mais consumidos de Angola do ano de 2014.

 

Ainda em 2014, segundo a votação dos ouvintes do programa “beat Box” de uma outra rádio conceituada de Angola, a Rádio Luanda, Dji Tafinha ficou em primeiro lugar na categoria de Melhor Produtor do Ano. O seu álbum “Duetos” ficou em segundo lugar na categoria de Melhor Álbum de hip/hop-rap nacional de 2014.

 

EM 2015, Dji Tafinha foi convidado para ser um dos mentores do tão conceituado programa televisivo “The Voice Angola”, ao lado de Yola Semedo, Paulo Flores e Walter Ananás.

 

O desempenho de Dji Tafinha como mentor foi comentado de forma bastante positiva por diversas personalidades angolanas visto que o artista demonstrou uma faceta bastante divertida mas sempre super profissional no decorrer do programa.

 

primeira edição do programa terminou em Janeiro de 2016 e foi muito bem recebida pelo publico Angolano.

 

Em 2019, Dji Tafinha lança a sua marca de ténis, se tornando assim no primeiro rapper angolano a ter uma linha de calçados.

 

Atualmente o rapper tem promovido o seu próximo álbum, intitulado Duetos 2 e já conta com o single Spitter que tem a participação de Cfkappa, Mammy, Phedilson e Look Cem.

 

DISCOGRAFIA

  • Independente 3 (2019)
  • Presidente (2018)
  • Filho da Vitória (2016)
  • Independente 2 (2016)
  • Duetos (2014)
  • Ressaca do Amor (2013)
  • Mais Do Que Rap (2012)
  • Independente (2011)
  • Hardcore (2008)
  • Preto no Branco (2008)
  • Noites em Branco (2005)

 

Colaborativos

  • Confronto de Titãs com Kid MC (2017)

biografia de Monsta

Monstra é o nome artístico de Luís Anderson, nascido aos 14 de Novembro de 1992. Membro da Dope Boyz, grupo composto por 4 integrantes: Monsta, Deezy, Prodígio e NGA.

 

Começou a cantar muito novo, actuando em vários bairros da linha de Sintra, Portugal, e até as pequenas viagens urbanas. Foi nestas andanças que surgiu o nome Monsta. Seus amigos o baptizaram porque “devorava todos” quando cantava.
Mais tarde, Mosta conheceu NGA e ele se tornou seu mentor. “O NGA motiva-me, inspira-me. Ele sabe o que deves fazer e se vir um defeito em ti vai dizer-te. Eu respeito muito o NGA, ele é um irmão para mim“, diz Monsta.

Discografia de Monsta

Em 2013, Monsta lançou a mixtape “DOPE”, composto por :
  1. Dope
  2. Ra-Ta-Tapa
  3. Fuck Niggaz Ft Don-G, Dreezy, Van Shopie e Xizow
  4. Ninguém Ft Hugo Pina
  5. Get Down Ft Loony Johnson e Rei Hélder
  6. Tamu Aki Ft Van Sophie
  7. Pray 4me Ft Dreezy
  8. Do Me Ft Tânia Macauwyinha
  9. Isso é Amor Ft Soraia Ramos
  10. A Culpa é do Gold Ft Ruben Júnior
  11. Não Era Suposto Ft Dreezy
  12. Esquece o Monsta
Em 2014, Monsta lança a mixtape “Problema”, composta por 13 faixas musicais:
  1. Problema
  2. Banga!
  3. Tão Good
  4. Binde
  5. F.N.R.B. (Fake Niggaz Real Bitches)
  6. É Pai (Feat. Isamara Veiga)
  7. KAYA (Feat. Deezy & Prodigio)
  8. Depois Da Torne (Feat. Trini)
  9. Movie (Feat. Deezy)
  10. Te Ver Sorrir (Feat.Telminha)
  11. Sotak
  12. Um Dia Fico Rico (Feat. Prodigio)
  13. Enquanto Os Meus Niggaz Comerem (Feat. NGA)
Em 2016, Monsta lança a mixtape “Privilégio”, composta por 10 faixas musicais:
  1. Privilégio
  2. Chaves [Trancado]
  3. Bela E O Monsta
  4. Luto
  5. Waya Waya
  6. Rich 4 Eva Ft Deezy
  7. Down Down
  8. In The Morning Ft. Luísa Dantier
  9. Be A Nigga Ft. Yasmine Carvalho & João Pina
  10. No Booth Ft. Nayr Faquira & J.Paul

biografia de NGA

NGA, nome artístico de Edson Wildbrand Silva, (Luanda, 3 de novembro de 1982) é um rapper angolano radicado em Portugal.

 

Biografia

Aos 10 anos de idade os seus pais separam-se e NGA muda-se para Portugal com a sua mãe e irmã, vivendo de favor em casa de familiares. É em Portugal que NGA conhece e apaixona-se por Rap e pela cultura Hip Hop, vendo vídeos na televisão de grupos como Black Company.

Enfrentando dificuldades financeiras ele e sua mãe são “forçados” a se mudar para a Linha de Sintra, subúrbio da Grande lisboa. Na Linha de Sintra, NGA conhece Masta (Terêncio), Don G. (Walter), e Prodígio (Osvaldo), juntos formam o grupo de rap Força Suprema, fazendo também parte da família o seu amigo de infância PMP (Odair), Inspirado em álbuns como Filhos da Ruas dos Black Company e Manda-Chuva do Boss AC, NGA e os amigos preparam o primeiro trabalho intitulado “Explosão Lírica” em 1998 em formato de fita cassete.

Dois anos após o lançamento do primeiro álbum, ”Invasão”, com todos membros da SN (Street Niggaz). Depois de anos de luta no quase anonimato musical, a Força Suprema consegue ganhar alguma exposição com o lançamento do álbum ”De Corpo & Alma” em 2006, já editado pela Mad Rap Records, o álbum teve uma surpreendente aceitação por parte do público.

Depois do sucesso do trabalho do grupo, NGA consegue o destaque como um dos mais promissores MCs do panorama musical PALOP. Em 2012 lançou o seu primeiro álbum a solo intitulado “Filho Das Ruas” que foi um sucesso em vendas e não parou por aí em Abril de 2014 lançou o seu segundo álbum intitulado “King” que também foi um sucesso de vendas. Em 2015 NGA vence uns dos prémios mais importante do musical angolano conquistando três prémios ainda em 2015.[carece de fontes] NGA participou do MAMA o “Music Award África” em duas categorias; Best Rap e o Melhor Artista Lusófono.

 

Discografia

  • Filho das Ruas (2012)
  • King (2014)
  • A união faz Aforça (2016)

 

biografia de Prodígio

Osvaldo Moniz também conhecido por Prodígio, é um rapper nascido em 1988, integrante do grupo de Hip-Hop Forca Suprema.

 

Prodígio foi obrigado a emigrar para Portugal com tenra idade devido a vários problemas de saúde, ficando na companhia da irmã e de um irmão mais velho, de seu nome Luís. Foi este último quem lhe passou o “bichinho” do hip-hop, numa altura em que este ainda dava os primeiros passos em Portugal: aos dez anos, a dieta musical de Prodígio era já composta por nomes como Gabriel o Pensador e Boss AC, sendo que daí até se começar a dedicar aos seus próprios freestyles foi um pequeno salto. Prodígio começou a escrever rimas aos 12 anos de idade, entrando no mundo do Hip-Hop em 2001.

 

Prodígio começou a trilhar o caminho para o sucesso com o lançamento da sua primeira mixtape O Alquimista em 2011, que recebeu várias sequências. Dentre vários prémios, os mais recentes foram o de Melhor Álbum do Ano, com o álbum “Prodígios” e Rapper MVP, ambos do Angola Hip Hop Awards‬.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *