Vários Artistas – Melhores de Abril

Vários Artistas - Melhores de Abril
Vários Artistas – Melhores de Abril
Vários Artistas
Melhores de Abril

  • Author: Vários Artistas(feat. Os Próprios, Os Próprios, Dj Ardiles, Mr Kuka, Cage One, Cage One & Elisabeth Ventura, Killua, Anselmo Ralph, Cleyton David, Tamyris Moiane, Azagaia, Sidof Davi, Ellputo, Jay Arghh, Mavundja, Laylizzy, Mark Exodus, Yadah Angel, Mr. Bow)
  • Titulo: Melhores de Abril
  • Categorias: Sem categoria
  • numero de musicas: 20
  • Ano: 2021

baixar musicas de Vários Artistas

biografia de Dj Ardiles

Francisco Ardiles dos Santos Milagre, também conhecido como DJ Ardiles (Maputo, 6 de Março de 2985), é um cantor, compositor e produtor moçambicano de Pandza, O seu primeiro grande hit foi a musica (foto) lançada em Dezembro de 2006, é apontado como um dos criadores do ritmo Pandza.

Ardiles começou muito cedo a trabalhar como Dj nas pistas de dança de Maputo e, nos tempos livres dedicava-se à produção de músicas para colegas e amigos residentes no famoso prédio 717. Escreveu e produziu músicas para cantores como Neyma, MC Roger, Denny OG, Dama do Bling, Lizha Jamesentre outros artistas célebres em Moçambique.

Entre alguns dos seus sucessos ao longo da sua carreira encontram-se as músicas Dívidas, Cena dela, Komane, Time, Você me quer, Foto, que foram grandes sucessos no seu lançamento e continuam a passar com alguma regularidade nas rádios e televisões.

Actualmente DJ Ardiles faz parte parte da Label Republica do Pandza (RDP).

baixar musicas de Cage One & Elisabeth Ventura

biografia de Anselmo Ralph

Anselmo Ralph nasceu em 1981 na Cidade de Luanda, frequentou o liceu em Angola. Depois imigrou para Nova Iorque para terminar os estudos onde se graduou em contabilidade na faculdade da comunidade de Manhattan do Borough em New York.

 

Nos anos ‘90, Anselmo mudou se para Madrid (Espanha) onde viveu alguns anos, foi nessa altura que descobriu a sua paixão pela música e se tornou um grande admirador de um dos mais populares cantores dominicanos, Juan Luís Guerra. Isto teve muita influência na carreira futura de Anselmo Ralph como um músico.

 

Após pertencer a uma banda Latino Rock’n’Roll em Nova Iorque, Anselmo começou a fazer projectos como artista a solo. Em Janeiro 2006 lançou o seu primeiro álbum intitulado “Histórias de Amor” produzido pela Produtora Bom Som, propriedade do próprio artista e do seu agente Camilo Travassos, o disco é dominado pelo género de música R&B, que teve sucesso imediato, a prova disso é que logo que saiu o álbum no mercado Angolano e internacional, depois de duas semanas deu-se o primeiro Show Realizado e Produzido pela Bom Som, na Ilha de Luanda no Miami Beach, onde teve lotação esgotada, mais de seis mil pessoas na plateia. Duas semanas mais tarde, produziu-se outro grande Show, mas desta vez na sala de espectáculo Cine Karl Max (cidade de Luanda), mais uma vez lotação esgotada sete mil e trezentas pessoas participaram neste evento assim batendo o recorde de enchente de shows dados no mesmo local.
Ainda em 2006 foi nomeado pela cadeia televisiva da África do Sul a Channel como o “Melhor Cantor de R&B” e também para “MTV Europe Music Awards 2006” para categoria de “Melhor Artista Africano” na gala de consagração na Dinamarca, em Copenhaga.

 

Depois do grande sucesso, do primeiro álbum “Historias de Amor”, a Produtora Bom Som lançou o segundo álbum “As Ultimais Historias de Amor” no dia 14 de Fevereiro 2007. Em apenas um mês o CD, já era outro grande sucesso nacional e internacional. Com este segundo trabalho Anselmo Ralph recebeu o premio de “Melhor Voz Masculina” e o premio do “Top Rádio Luanda” como o músico mais votado em 2007. Depois fez mais de 8 Shows produzidos pela Bom Som, com convidados e sempre batendo o recorde de enchente em todos os shows dados em Angola.

 

Em 2008, assinou com a melhor produtora LS. Produções, fechando um contrato de três álbuns. Foi o ano, em que o artista foi fazendo muitos shows em Angola e fora, países como: Portugal, Holanda, Inglaterra, Moçambique, África do Sul, Santomé e Prince, Brasil, Namíbia.

 

Em 2009, depois de conseguir conquistar o mundo com as suas histórias de amor, no dia 14 de Fevereiro desse ano, lançou o seu terceiro álbum “O Cupido” (Duplo CD e DVD) que atingiu o recorde, em apenas 9 horas vendeu 22.600 cópias e depois mais 30.000 cópias em menos de um mês, reeditaram mais 10.000 cópias, totalizando 40.000 cópias esgotando ao fim de quatro meses. No mês de Julho de 10, a LS Produções produziu o primeiro Mega Show de 2 dias no Pavilhão Da Cidadela onde teve mais uma vez lotação esgotada nos dois espectáculos, com 42.000 pessoas presentes.

 

Em 2011 Anselmo Ralph entra em força com o Maxi Single do próximo álbum “A Dor Do Cupido” que em apenas em dois dias vendeu 42 mil copias alcançando nos três meses seguintes a venda de 90 mil copias e realizou mais de 50 shows durante esse tempo. Este grande artista bateu mais um recorde na sua carreira tendo mais de 1.000.000 de plays no vídeo da musica “ Não Me Toca”, conseguindo com grande mérito que pela primeira vez a Coca-Cola associa se o seu nome a um artista. A Coca-Cola apostou em Anselmo Ralph, segundo a empresa de consultoria de marcas norte-americana Interbrand , a Coca-Cola é a marca mais valiosa do mundo. No dia 8 de Outubro presenteou nos com mais um Mega Show apresentado pela Coca-Cola onde mais uma vez lotou a casa.

 

Para o ano de 2012, este grande artista lançara o álbum “A Dor Do Cupido” e vai se estrear como actor no Filme “A Dor Do Cupido” onde ele é o Autor e a personagem principal.

 

A voz do Cupido esta a chegar ao Mundo inteiro abrilhantando toda a gente com seu estilo musical

biografia de Tamyris Moiane

Tamyris Valéria Sérgio Moiane, popularmente conhecida como Tamyris Moiane (27 de Outubro de 2006, natural da Cidade de Maputo (Moçambique)), cantora e compositora de rítmos músicais como Kizomba, Zouk e R&B.

A música sempre esteve presente em sua vida como uma das maiores paixões, aos 10 anos de idade participou de um concurso na igreja, onde pode compor e interpretar a música Amizades verdadeiras por sinal a sua primeira música.

Dois anos depois, participou de um Reality Show que teve um papel muito importante na sua formação artística, pois pode desenvolver as suas habilidades para o canto. E depois do Reality Show que por sinal teve um impacto super positivo na sua vida pessoal assim como profissional, teve apoio dos seus pais para abraçar a carreira artística, e como forma de singrar na arena musical, com ajuda do Abel Laste e da sua família, decidiu gravar e lançar a música Amizades Verdadeiras, e logo de seguida lançou a obra intitulada O Poder da Música com o seu respectivo videoclipe.

Como artista tenta buscar referências nacionais e internacionais para o seu crescimento profissional, e um dos seus maiores ídolos, é o músico Angolano Matias Damásio, e foi mesmo movida pela admiração e respeito que sentiu por esse grande artista, que decidiu o homenagear compondo e gravando a resposta da música voltei com ela que contou com um videoclipe, o fez por amor e com amor, e a repercussão desse gesto foi tão grande que permitiu com que as pessoas notassem o seu potencial e começassem a acreditar em si e no seu trabalho.

É uma pessoa abençoada, isso porque sempre teve o apoio da sua família, por isso decidiu prestar uma homenagem ao pilar da sua família, a senhora Valéria Moiane, sua mãe, e foi com o dom que Deus a deu que decidiu o fazer, compondo e cantando a música Mãe onde expresso todo seu amor, carinho, admiração e gratidão por tudo que fez e continua fazendo por ela e por sua família, felizmente a música tem uma linguagem universal e esta música também visa homenagear todas mães do mundo incluindo a sua, e se for o caso de ser mãe a si também querida.

O amor caracteriza minhas músicas, e a música mãe me concedeu o privilégio de ganhar carinho e apreço de público de diferentes idades, desde os mais novinhos até aos mais velhos, e foi por isso, que com a devida orientação dos seus produtores (The Visow) decidiu lançar uma EP intitulada Maturidade que conta com 7 faixas, desta EP se destaca a música Ela é Boa que retrata a história de uma jovem que é mal vista pela sociedade, o impacto desta música foi tão grande que em menos de dois meses já estava entre as 10 músicas mais tocadas entre as rádios e televisões nacionais.

Graças ao apoio que tem da sua família e ao seu esforço e dedicação, começou a ganhar vários “Anjos da guarda”, estes que têm a apoiado bastante na divulgação dos seus trabalhos e têm dado um apoio moral que tem sido muito importante para que continue trabalhando.

A sua carreira é marcada por conquistas, e a conquista mais importante até então, é o reconhecimento do seu dom e trabalho por parte de grandes artistas, prova disto são os convites que tem recebido para participar em obras de artistas como: Dj Faya, Cleyton David, Sidof Davi, Az Khinera, Hot Blaze, Classic Nova, dentre outros grandes nomes da música moçambicana.

biografia de Azagaia

Edson da Luz (Namaacha, 6 de maio de 1984), mais conhecido pelo nome artístico Azagaia, é um cantor de hip-hop moçambicano, conhecido pela sua música de intervenção social.

Azagaia (nome tirado de uma espécie de lança curta) nasceu em 6 de maio de 1984 em Namaacha na província de Maputo, perto da fronteira de Moçambique com a Suazilândia. É filho de uma comerciante moçambicana e de um professor cabo-verdiano. Aos 10 anos de idade foi morar para a capital Maputo onde viria a concluir o ensino médio e ingressou na universidade, tendo passado pelas camadas de formação de basquetebol do Desportivo de Maputo.

Iniciou a carreira musical com 13 anos integrando com o grupo Dinastia Bantu, com MC Escudo, onde chegaria a lançar, em 2005, o álbum Siavuma.

Em 10 de Novembro de 2007 Azagaia editou o seu primeiro álbum a solo, Babalaze (que significa “ressaca” na língua changana) pela editora Cotonete Records. O lançamento tornou-se num recorde de vendas no dia de estreia.[3] A álbum contou com as participações de Terry, em “Eu Não Paro” e de Valete em “Alternativos”[4] Este trabalho contém um tom crítico contra o Governo moçambicano, o que terá levado a que algumas faixas a não fossem transmitidas pelos canais públicos. Pela polémica destacou-se o tema “As Mentiras da Verdade”.[1] Também se destacou a música “A Marcha” que bateu recordes de vendas.

Fazendo a sua retrospectiva dos principais acontecimentos em Moçambique, Azagaia lançou “Obrigado Pai Natal”, em 2007, e “Obrigado de Novo Pai Natal” em 2008.

Depois da revolta popular de 05 de Fevereiro de 2008, em Maputo, Azagaia apresentou o tema “Povo no Poder” que lhe valeu uma intimação para se apresentar na Procuradoria-Geral da República, suspeito de “atentar contra a segurança do Estado”. A música voltaria a ser lembrada na revolta popular de 1 e 2 de setembro de 2010.

Em 2009, lançou o tem “Combatentes da Fortuna”, que o rapper diz ser inspirado na crise do Zimbábue e que, apesar de ter sido censurado, foi dado como videoclipe mais visto da história do rap moçambicano.[1][3]

No ano de 2010 lançou a música “Arriiii”, versando sobre um escândalo de tráfico de drogas em Moçambique, casos de fuga ao fisco e assassinatos.

Em 2011 Azagaia foi preso, na companhia do seu produtor Miguel Sherba, após ter sido encontrado um cigarro de soruma (4 gramas).

Após uma produção de três anos, em 2013 Azagaia lançou o segundo álbum de originais, Cubaliwa (significa “nascimento”, em língua sena). Com lançamento agendado para 09 de novembro, na Associação de Escritores Moçambicanos, em Maputo, contando entre os temas destacados o single “Movimento de Intervenção Rápida” ou “Homem Bomba” ou o tema de apresentação lançado em outubro “ABC do Preconceito”. Como convidados neste álbum encontra-se nomes como Stewart Sukuma, Dama do Bling, a Banda Likuti, Ras Haitrm, Júlia Duarte ou o rapper angolano MCK. O álbum, chegou a ser apresentado com o nome de “Aza-leaks” em 2011, por alturas da apresentação do tema “A Minha Geração”.

Cubaliwa deu origem a uma digressão denominada Bem-vindos ao Cubaliwa em que Azagaia se apresentou com a banda Os Cortadores de Lenha.

O consumo de estupefacientes voltou a surgir em junho 2014 quando, numa entrevista ao programa Atracções da TV Miramar em que confirmou que tinha sido detido novamente por posse de droga e justificando que o seu consumo da canábis se devia a suposta recomendação médica dado padecer de epilepsia, Azagaia preparou em directo e acendeu o que o próprio disse ser suruma.

Poucos dias depois, num texto apresentado no Facebook em 15 de Junho de 2014, Azagaia anunciou que por temor pela sua vida abandonaria a carreira musical e iria passar a viver em Namaacha, sua terra natal.

Algumas semanas depois, Azagaia revelou que estava com um tumor cerebral, e iniciou uma campanha de arrecadação de fundos pela Internet. O projeto “Help Azagaia” serviria para reunir mais de 790 mil meticais (equivalente a aproximadamente 20 mil euros) para custear a cirurgia de retirada do tumor, realizada na Índia a 18 de outubro.

Após ano e meio uma afastamento dos palcos, Azagaia voltou a actuar apresentando-se num concerto na discoteca Coconuts em Maputo, em Maio de 2016.

 

Discografia

Dinastia Bantu

  • 2005 – Siavuma

Solo

2007 – Babalaze

2013 – Cubaliwa

2019 – Só Dever (EP)

biografia de Ellputo

Ell Puto, nome artístico de Etivaldo V. Joaquim (Maputo, 8 de Julho de 1989) é um produtor, rapper e empresário moçambicano, co-fundador da Sameblood Productions. Ell Puto começou a sua carreira artistica em 2001, com apenas 12 anos. Em 2003, produziu o seu primeiro hit, Dinomite, som que mudaria o cenário do Hip Hop moçambicano.

Na mesma época, junto com o seu irmão Mic-B, fundou a Sameblood Productions, um dos maiores estúdios musicais do país e responsável pelos maiores sucessos do Hip Hop nacional e não só. Em 2005 Ell Puto foi responsável pela produção do primeiro álbum do grupo 360 Graus, Selecção Nacional. Também foi responsável pela produção de parte do primeiro álbum de Denny OG, Até que a morte nos separe.

Desde então vem trabalhando com vários rappers e músicos nacionais e estrangeiros, como Dama do Bling, Trio Fam, Cold Man, Young Sixties, DRP, Elex, 9mm, Rage, 1st Class, Team Fresh, Simba, Hawaiu entre outros. Em 2010, a SameBlood Productions foi oficialmente registrada como empresa em Moçambique.Actualmente faz parte do grupo Young Sixties, com Hernani da Silva e Lay Low.Melhor Produtor de Moçambique.

Actualmente faz parte do grupo Young Sixties, com Hernani da Silva e Lay Low.Melhor Produtor de Moçambique No dia 27 de Fevereirode 2010, Ell Puto recebeu o prémio de Melhor Produtor de Moçambique, atribuído pelo programa Impulso, da Rádio Cidade.

Também é responsável pelo surgimento de um novo grupo de Nome Dinheiro Limpo que conta com os seguinte MCS Diplomata – Ell Puto – Brilho, Mc’s : – Lay Low – Blanco – Hernani – T-Rese – Dice Staff – Shana – Mafu – Yannick.

biografia de Jay Arghh

Jay Arghh (JR) membro co-fundador do Grupo Musical Moçambicano “NEW JOINT”, grupo este que consigo, deu os seus primeiros passos no âmbito musical no ano de 2008, mas veio mesmo a solidificar-se em 2009 com lançamento do seu primeiro single e vídeo que felizmente foi um ” HIT ” em rádios e televisões no país que era denominado ” NEVER GO DOWN (nunca vou abaixo) feat. K9 e LayLizzy e HANDS UP (mãos ao ar) ” , foi uma aparição diferente no meio da musica Moçambicana, em tão pouco tempo conquistaram imensos fãs pelo país inteiro, desde as crianças ate aos mais velhos. Foram vencedores no programa televisivo da ” TIM “, ficaram mais de um mês na primeira posição da Tabela dos VIDEOS mais pedidos e mais votados em todo Território NACIONAL . Eram a cara dos intervalos dos Jogos da Selecção Moçambicana de Futebol naquela época. E graças ao imenso apoio do público e dos amigos mais próximo, viram-se a fazer mais por si pelo seu PAÍS (MOÇAMBIQUE) , dai que os mesmos em 2010 Lançaram um Single denominado “TU VAIS LEMBRAR DE MIM” ( que aborda um tema super interessante, pois as pessoas só se lembram dos melhores após partirem, independentemente da área que o mesmo esteja a exercer) e GOSTARIA (um dos acústicos que mexem até hoje com todo indivíduo que sente que pitada de amor em si), este segundo single ” REBENTOU COM A ESCALA NACIONAL ” pois o vídeo foi um dos mais diferentes que o Pais já teria visto e termos da juventude e ainda por cima com conteúdo lírico muito claro e objectivo. Nessa onda de crescimento os mesmo foram convidados para MEGA SHOW’s que se realizavam no País como por exemplo os show de: CIARA E FAT JOE, ANSELMO RALPH, CABO SNOOP, TEAM DOS SONHOS, YUR DA CUNHA, LIZHA JAMES e muitos outros.

 

pois foi em Memoria de um dos membros do Grupo que perdeu a vida no ano de 2011, era o mascote do GRUPO. RIP DINIS RIBEIRO. A mesma TAPE conta com 18 Faixas Exclusivamente NEW JOINT só tem três participações : DENISE DE CAIFAZ, LAYLOW e K9. E 98.5% das instrumentais foram produzidas
pelos NEW JOINT.

Na entrada do ano de 2012 exploraram da melhor forma possível a sua Mixtape, fazendo um Super Show Ao vivo numa das casas de pasto da Capital Moçambicana, e Graças ao seu esforço e carinho do público esse foi um dos melhores show ate aos dias de HOJE.

De seguida em 2013 lançam o video/single daquela que seria a base para a sua afirmação com um dos melhores grupos moçambicanos da “nova escola” intitulado ” dou de tudo pra te ter de volta” , estando a partir desta feita martelada a sua posição em shows de diversa gama de artistas e consagrado como artistas versáteis e queridos pela nação moçambicana, após este sucesso o caminho foi sempre em frente e em 2014 colocou em sua lista mais um hit que em coordenação com este furou as paredes da música nacional e abraçou para o seu grupo a inserção de mais um membro DJ LOW LOW ficando desta 4 membros e criando a estrutura coesa que reside até hoje no grupo ficando ( Dj Low Low, Blaze, Kamas e Jr) “XIBEQUE ” até então a música mais famosa do grupo e com maior impacto . Após esta música e vídeo, o grupo lançou mais 3 vídeos com bons reviews críticos: “number one feat. Key Marques”, “a cena é essa cena feat os do momento” e ” Meu Amor”.

Dentre os vários achievements do grupo conta a aparição no
programa BIG BROTHER AFRICA gravado na África do Sul, como a maior delas, e também conta a gravação de três vídeos, em 2018, com artistas internacionais como BIG NELO, DUK&NIIKU E C4 PEDRO, colaborações com os MODELOS, The Groove, Tchobari, parceria com a 2M e gravação da
publicidade e video da musica “POKO A POKO SAI MUITO”.

 

Daí que, como projecto do grupo New Joint, a 06/09/2018, decidem lançar a carreira a solo do seu integrante “JR”, em simultâneo com a carreira do grupo, inicia com o lançamento do seu primeiro trabalho entitulado
“LÓTUS”, que desde o seu lançamento até a data tem trazido bons resultados na medida em que ocupa a posição cimeira no número de downloads e streams a nível nacional nos principais Blogspots, Rádios (faixa#3 Carlitos) e plataformas digitais de cariz internacional com mais de 200.000 downloads e streams.

A 19 de Outubro fez o show de lançamento da EP ,acompanhado do primeiro vídeo da EP da faixa #2 Vicio ft. YEDA, e contou com a participação da Banda Dugê e Sameblood os Primos, que foi também um grande pontapé de saída para consolidar ainda mais a sua carreira a solo.

 

Neste periodo desde o seu lançamento a solo até então têm sido shows atrás de shows tendo como destaque a sua aparição no MFW (MOZAMBIQUE FASHION WEEK), JAMESON FEST, Show Genesis ao lado do Alan e Banda Dugê, Grande Show Tesouro, dentro outros eventos.

 

Em Abril a sua música CARLITOS terminou em segundo lugar no maior concurso africano de músicas o AFRIMusic Song Contest carimbando a internacionalização do artista, com um total de 500.000 votos populares e segunda classificação no voto do júri.

Actualmente, para além de diversas colaborações com artistas internacionais tais como: PhoenixRDC, Harold, Tekilla e Sulo Beatz, e nacionais: Duas Caras, Hot Blaze, Mark Exodus, Kamané Kamas, Hernani da Silva, Lay Lizzy, Kloro, Ell Puto, entre outros. Em 2020 lançou o seu segundo EP “YASUKE” que foi um estrondo nacional na medida em que teve um review positivo pelos críticos e pelos fãs.

LEMA DE VIDA DE Jay Arghh: “NÓS EM PRIMEIRO E EM SEGUNDO OS TERCEIROS”

biografia de Laylizzy

O Edson Abel Jeremias Tchamo ou simplesmente LayLizzy nasceu no dia 18 de Julho de 1988 em Maputo, em uma sociedade onde o hip-hop era vista como música para bandidos e criminosos.

Lizzy deu os seus primeiros passos no Hip Hop quando tinha apenas 14 anos, ao lado de Ell Puto, e Hernani criou  um grupo de Hip Hop chamado de Young Sixties que era um grupo subordinado aos 360 ​​graus, grupo que mudou o panorama do rap e a forma como como este era sentido no país, o Hip-Hop começou a tocar nas rádios e lotando shows em Moz.Chamou a atenção dos amantes de Rap em Moçambique, por seu estilo irrevente, inclusive dos pela seu uso de rimas cruzadas, Entre 2009 e 2011, Lay Low foi o rapper com mais participações em Moçambique, facto que o levou a se envolver em um assunto polémico segundo o qual ele teria participado numa “Diss song” a convite do grupo Magnézia e o produtor James Produções, onde toda a música falava mal do “Ex-rapper” Raio-x. Mas Lay Low em uma entrevista num programa de entretenimento disse ” eu sou um rapper limpo, talvez o mais limpo de Moz! Na música eu não falei mal de ninguém, apenas fui convidado e aceitei o convite.” Em 2010, Lay Low, lançou seu primeiro E.P., chamado Dinheiro Limpo, que foi um grande sucesso.

 

Dinheiro Limpo, primeiro E.P.

Em 2010, Lay Lizzy lança a sua primeira E.P. a solo denominado “Dinheiro Limpo”, que foi um grande sucesso, numa altura em que Lizzy já se autoentitulava o melhor flow de moz, e já era aclamado pelo público jovem e adolescente, não só da cultura Hip-Hop, mas que curtia a música jovem moçambicana no geral.

 

Laylizzy em inglês

Até 2011 Lay Low foi misturando o Português com o Inglês, que era algo que era sua marca registada, em Moçambique, até que lançou sua primeira E.P toda em Inglês intitulada “Unsigned“, que contou com o grande hit “Moz We On” com participação especial do rapper Simba, e o sucesso “Homicide” foi um dos vídeos mais exibidos nas televisões nacionais no seu ano de estreia.

 

Em 2012, Lay Lizzy, depois de interagir com grandes artistas de África e do exterior como Dj Wall G, DJ Mbuso J, Dama do Bling, Duas Caras, Stress The Drama Kid, Ema The Kid, Daniel Caplen e promovendo o seu nome fora, o rapper lançou a E.P. intitulada “Artistic”. No mesmo ano, Lay Lizzy lançou a Mixtape intitulada “Intelligent Igorance“.

Em 2015, Lay lizzy assina um contracto com a Geobek Records e lança o hit “Tha crew”, (remix do seu colega da sameblood, rapper Djimetta Hendrixxx), que foi um hit que deu grande projeção no panorama do Hip Hop africano, para além disso o rapper ganhou o prémio de Melhor música Hip-Hop no Mozambique Music Awards com a música Chapa (com hernâni da Silva.

 

Em 2016 Lizzy participa em várias entrevistas nos canais de TV e rádio da África do Sul e ainda lança a música intitulada “Hello” ao lado do rapper AKA e ainda assina um contracto com a Nike e ganha destaque no CNN Africa.

Discografia

  • (2010) Dinheiro Limpo – E.P.
  • (2011) Unsigned – E.P.
  • (2012) Artistic – E.P.
  • (2012) Intelligent Ignorance – E.P.
  • (2013) Call Me Sir Jeremias – E.P.
  • (2018) The Young Nino Brown – E.P.

 

Singles

  • (2015) That Crew
  • (2016) Hello
  • (2016) On The Road
  • (2017) Forever
  • (2017) Txi
  • (2018) Too Much featuring Kwesta

 

Mozambique Music Awards (MMA)

Mozambique Music Awards são prémios anuais apresentados pela BCI para reconhecer a realização excepcional na indústria da música moçambicana.

Ano Trabalho Prémio Resultado Ref.
2015 Chapa (Com Hernâni Da Silva) Melhor Hip-Hop Venceu [2]

Posts

Laylizzy anuncia que cobrará 100 mil meticais nas participações

Acumulando milhões de visualizações em materiais divulgados em plataformas digitais, um dos rappers mais quentes de moçambique Laylizzy parece que realmente quer uma certa valorização pela arte que ele faz. No ano de 2019, o artista revelou no programa ”EhBonito” da Dayse Gonçalves, que nunca cobrou por feats ou seja colaborações musicais porque não achava isso certo, e […]

ler mais

biografia de Mark Exodus

Mark Exôdus é um jovem cantor Moçambicano, fazedor do estilo de música RnB & Trap soul.
Mark Exôdus nasceu com uma rara condição genética ,que é a divisão dos Lábios. Ele foi submetido à várias cirurgias ,graças a Deus tudo correu bem.

Mas Exôdus tinha problemas na fala, não falava e nem se comunicava ,foi submetido a outra cirurgia na Vizinha África do Sul que nao deu muito certo, volta a Moçambique, mas ainda fazia controle na África Do Sul.
Ele era muito apaixonado pela música desde criança, a sua primeira música nesse caso sua composição foi feita quando ele tinha 8anos De Idade.

Os anos passaram, Mark Exôdus foi convidado a entrar na SameBlood por
Ell Puto , até o Ell Puto reconheceu o potencial do Mark.

Além de cantar o Exôdus era dançarino, daí largou a dança e se dedicou a Musica, ele decidiu seguir carreira a solo para explorar mais o seu potencial, porque ele não era explorado na
Sameblood Diz exôdus.

Daí parece a ideia de fazer uma Ep, com a ajuda do Lay lizzy composição do Hit
“Liga” da Ep “ 7diasDeSolteiro”.

Graças a Deus Mark Exôdus recupera a sua Doença, ele diz que vai a África do sul ter com o médico que lhe cuidou e ele fala normalmente e o médico fica surpreso com a recuperação diz Exôdus.

Mas tem alguns problemas na respiração, mas ele diz que está tudo bem graças a Deus.

“ Cada um tem sua missão e a minha missão é cantar e encantar com a minha música e minha voz “. diz MArk Exôdus

biografia de Mr. Bow

Salvador Pedro Maiaze, mais conhecido como Mr. Bow, nasceu no Distrito de Manjacaze, Província de Gaza, Moçambique a 30 de Abril de 1982, filho de Pedro Salvador Maiaze e de Roda Langa. Salvador é um jovem artista moçambicano que interpreta e canta música ligeira moçambicana.

 

Mr. Bow é filho de pais camponeses, vem de uma família humilde, fez o seu Ensino Primário na Escola Primária Completa de Chilumbele, uma pequena localidade no distrito de Gaza. Foi nesta localidade onde passou a sua infância.

 

Ainda na infância começou a perseguir o seu sonho, participando em concursos de música promovidos em discotecas. Nos certames, o petiz interpretava números de artistas como R. Kelly, Back Street Boys, Tyrese e Joe.

 

Em 2001 Mr. Bow chegou à bela Cidade das Acácias (Maputo). Frequentou o ensino geral na Escola Secundária de Malhazine.

 

A vida de Mr. Bow não foi um mar de Rosas. Para sobreviver, trabalhou como empregado doméstico, como vendedor informal, todavia, nunca deixou de lutar, de acreditar. É um homem batalhador, com talento e fé. A sua humildade ajudou lhe a dar os primeiros passos significativos a caminho do êxito que hoje tem.

 

Iniciou-se na música fazendo Hip-Hop. Com alguns amigos formou o grupo “ Strange Face”. Cantavam Hip-Hop / Rap. Mais tarde Mr. Bow deixou o estilo Hip-Hop / Rap passou a fazer R&B e Zouk Music.

 

Em 2007, Oliver Style, um cantor e produtor de música moçambicana, convidou-o para fazer parte do N’Studio. Foi lá que ele conheceu Ta-Basilly, um artista moçambicano que o influenciou seguir, cantar ritmos africanos, especificamente ritmos moçambicanos e música tradicional.

 

Mr. Bow é artista que canta para todas idades, sem distinção do sexo, grupo, raça ou credo. Ele canta para todos. Dos 0 anos de idade aos 80 anos de idade. Adora as crianças, e com o que ganha, apoia as causas de jovens e famílias necessitadas. Canta temas que refletem o dia a dia, o quotidiano da nossa sociedade. Amor, paz, perdão,  respeito, amizade entre outros. Mr. Bow é contra a violência, sobretudo a violência doméstica que destrói muitas famílias. Não é um cantor de intervenção política, mas nas suas canções, ela canta e conta a realidade da vida do povo. A sua trajectória de vida, é um exemplo para muitos. Como ele sempre diz, “levantem as cabeças, lutem pelos vossos ideias, trabalhem, invistam na educação, tenham fé, nunca parem de sonhar, que uma luz tarde ou cedo vai brilhar para iluminar os caminhos das vossas vidas”.

 

Para além de cantar, Mr. Bow, é um jovem Empreendedor e empresário da área da industria criativa e do Entretenimento. É Director Geral da sua Empresa Bawito Music.  Apesar de ser uma empresa jovem, já detém um invejável curriculum, porque trabalhou e trabalha com várias empresas consagradas  de reputação nacional e internacional tais como: Mozal, Electricidade de Moçambique (EDM), Coca-cola, Banco de Moçambique, Mcel, Vodacom, Standard Bank, Austrália Seguros, Super Bock, Beryl detergentes, A Golo, DDB (agências de publicidade moçambicanas) Movitel, Ministério da Saúde, BCI, Vicenza, ZAP, TV Sucesso, Fundação Joaquim Chissano, Fundação Elizabeth Glaser, Fundação Ariel Glaser, Fundação Clarice Machanguane, Banco ABC,  Partido Frelimo,  INSS, Município de Maputo, Município de Boane, Município da Matola, Município da Manhica, e muito mais.

 

Na área de responsabilidade social, Mr. Bow também tem um vasto curriculum. Trabalhou com Fundação Elisabeth Ariel Glaser, Fundação Clarisse Machanguana, Fundação John Hopknis, Fundação Joaquim Chissano, PSI (Population Services International), Jeito (marca preservativos moçambicana), Ministério da Saúde, e mais instituições que zelam pelo bem-estar do povo moçambicano.

 

Responsabilidade Social

  • Embaixador da boa vontade do Projeto Malária Fora. (Ministério da Saúde )
  • Embaixador da boa vontade do Projeto De luta contra caça furtiva (Fundação J. Chissano)
  • Embaixador da boa vontade do Projeto Circuncisão (Ministério da Saúde)
  • Embaixador da boa vontade do Projeto de luta contra HIV (Ministério da Saúde)
  • Patrono de um evento anual para crianças, que se chama-se (Festival Bawito  e a Pequenada). Este festival conta com mais 35.000 espectadores

 

Discografia

Título da Obra Ano de Lançamento
Meu Sonho 2007
Kota de Família 2010
Sinal de Vitória 2012
O Melhor de Mim 2013
Mr. Romantic 2017
2020

 

 

Prémios e Indicações

Ano Prémios Categoria Trabalho Nomeado Resultado
2012 Mozambique Music Awards (MMA) Melhor Música Ligeira Nitati-Dhlaya Venceu
2012 Ngoma Moçambique Musica Mais Popular Nitati-Dhlaya Venceu
2014 Mozambique Music Awards (MMA) Melhor Musica Ligeira Male ya Matxangana Venceu
2014 Ngoma Moçambique Musica Mais Popular Bawito Venceu
2017 Gala Vibratoques Vida Boa Venceu
2018 Gala Vibratoques Guilermina Venceu
2019 Africa Entreteniment Awards USA Melhor Artista  Lusófono Venceu
2019 Gala Vibratoques Guilhermina Venceu

 

 

Nomeações

Ano prémio Categoria Trabalho Nomeado
2015 Ngoma Moçambique Melhor Artista Masculino
2015 Ngoma Moçambique Canção Mais Popular Massinguitane
2015 Ngoma Moçambique Canção Mais Popular My Number One
2015 Radio Super FM Canção Mais Popular My Number Onne
2016 Ngoma Moçambique Canção Mais Popular Nitafa Na Wena

 

 

Reconhecimento

  • 2016 – Foi atribuído ao Mr. Bow o certificado de Mérito pela Rádio Índico, por ser o cantor mais destacado na vida do povo moçambicano;
  • 2016 – Mr. Bow também recebeu o Certificado de Reconhecimento sob o lema “Construção da Sociedade através da Cultura”, pelas mãos do Ministro da Juventude e Desportos.

 

Contratos de uso de imagem

  1. 2017– Embaixador da Movitel (Empresa de telefonia móvel)

2018 até hoje

  1. Embaixador da Vodacom Moçambique ( Empresa de telefonia móvel)
  2. Embaixador da StarTimes Moçambique (Empresa de distribuição de sinal de televisão em Moçambique)
  3. Embaixador da CDM (Cervejas de Moçambique)
  4. Embaixador da Cartrack (Empresa de Sistema de segurança e recuperação de viaturas)
  5. Embaixador da Merec  (Empresa de produção de farinhas de milho e trigo, massas, bolachas e rações animais)
  6. Embaixador da Vincenza Marca de Roupas.

 

Empreendimentos

 

Fontes:

Pagina Facebook Mr. Bow

Wikipedia

Posts

Mr Bow baleia seu vizinho na perna

Na edição do programa “Batidas” desta terça-feira (15/09), o apresentador Fred Jossias soltou serviu um dos beefs mais quentes deste ano, que dá conta de que Mr Bow baleou um vizinho na perna, ontem (14/09) De acordo com o relato do Fred, a referida vítima já vinha incomodando as pessoas do condomínio, e ontem invadiu a casa do Mr […]

ler mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *